Vantagens práticas de integrar CRM com automação de marketing

A automação de marketing traz muito mais que agilidade na aquisição e nutrição de leads, assim como o CRM oferece um universo de possibilidades além da tradicional gestão de clientes.

Estes, por sua vez, estão cada vez mais conectados e conscientes sobre os produtos e serviços negociados. Portanto, adotar tais ferramentas é crucial para potencializar a jornada de compra, especialmente quando integradas.

Unidas, podem posicionar a empresa muito além de seus concorrentes, reduzir custos consideráveis do processo de aquisição de cliente e criar um banco de dados estratégico sobre o mercado com diversas aplicações.

Se alguns gestores já ficariam satisfeitos com tais efeitos, ainda é preciso ressaltar que com a integração existem muitas outras vantagens práticas que reunimos no material a seguir. Acompanhe.

Como integrar automação de marketing e CRM

O CRM é uma ferramenta essencial para a gestão personalizada da base de clientes, pois, ainda que possuam um mesmo perfil, suas necessidades são distintas e precisam ser levadas em conta na formulação de estratégias de relacionamento e negociações.

Além de gerenciar tais clientes sob a ótica da satisfação contínua de suas demandas, a identificação e captação de novas oportunidades de negócios oxigena a carteira comercial e permite que a empresa mantenha uma linha de crescimento saudável.

Se até esse ponto um CRM atenderia completamente a tais necessidades, a personalização e a regularidade de contatos com um público cada vez maior faz a automação de marketing ser requerida. Mas, se não houver planejamento, a união de tais ferramentas trará mais prejuízos do que benfeitorias.

Portanto, entre os cuidados que precisam ser tomados em sua integração, temos:

Identificar os dados que realmente precisam ser compartilhados

No primeiro momento é comum supor que a integração lida com uma via única onde, após qualificados pelo marketing, os leads são enviados ao comercial para o prosseguimento das negociações.

Mas, na verdade, o caminho inverso é feito com a mesma frequência. Nesses casos, porém, as interações propostas visam a manutenção do relacionamento frequente e identificação de novas oportunidades, entre outros.

Nesses dois sentidos, portanto, é preciso identificar quais dados são relevantes para criar estratégias, definir seus objetivos e até mesmo os indicadores que medirão sua eficiência.

Definir tempo ou qualificação mínima para enviar o lead para o comercial

É preciso definir um tempo para a nutrição do marketing, ou um nível de compatibilidade com a buyer persona que garanta que o lead enviado para o comercial já esteja pronto para ser trabalhado como uma oportunidade.

Se isso não acontecer, as interações mais incisivas para a venda poderão causar o efeito contrário, gerando custos comerciais e a perda da oportunidade de negócio futura.

Usar estrategicamente a base de dados do CRM

Os dados do CRM serão fundamentais para o sucesso da automação de marketing, definição da buyer persona e tudo mais ligado à estratégia de integração.

Nesse ponto reside um dos diferenciais do Singlepoint CRM, pois, além de permitir segmentar tais dados para definição de campanhas personalizadas em um só ambiente, oferece a possibilidade de disparo de e-mail marketing e SMS pela própria plataforma.

Por que é importante para o negócio

Tanto o CRM quanto a automação de marketing podem existir de forma independente, mas suas operacionalizações e resultados seriam consideravelmente afetados.

O formato, a troca de dados e suas análises seriam muito mais burocráticas e não poderiam contar com a inteligência artificial de tais programas para cruzarem as informações de diferentes maneiras, bem como acompanhar minuciosamente seus resultados.

É preciso lembrar que a era digital exige que as empresas sejam ágeis e eficientes em seus processos. Isso pode garantir que elas surpreendam e conquistem seus potenciais clientes antes da concorrência.

Também assegura que os investimentos realizados no processo comercial sejam melhor aproveitados com um número maior de oportunidades e conversões.

Portanto, a importância da integração pode ser vista na entrega de leads mais bem qualificados e nutridos, na capacidade de um setor agregar valor estratégico ao outro, e no desenvolvimento de uma força única e uniforme entre eles, que consequentemente será percebida pelos clientes em suas experiências e interações com a empresa.

Quais são as vantagens práticas da integração

Na prática, outras vantagens podem ser percebidas tanto pelos clientes como na gestão do negócio. São elas:

1. Conteúdo de valor e personalizado

Conteúdos produzidos pelo marketing com base nas informações adquiridas no CRM e comercial são mais eficientes para atrair e esclarecer leads em seus processos decisórios.

O SinglePoint.CRM, por exemplo, possui um módulo analítico que oferece várias perspectivas para identificar padrões de compra. Tais relatórios podem auxiliar na construção de conteúdos relevantes para que o marketing nutra melhor seus leads.

2. Aumento da fidelização

A personalização das interações desde os primeiros contatos e a absorção de todas as informações colhidas permitem que as abordagens de venda e posterior gestão do relacionamento sejam surpreendentes, sob o ponto de vista do cliente.

A antecipação das necessidades deles, inclusive, é uma das formas mais eficientes para a fidelização, e só pode ser conquistada por meio de informações colhidas nas interações prévias no marketing e comercial.

3. Otimização da força de vendas

Com a automação de marketing, a qualificação de leads é mais eficiente e aqueles distribuídos à equipe comercial oferecem um potencial de negócio muito maior.

Dessa maneira, o time de vendas terá seu esforço direcionado apenas às melhores oportunidades de negócio, em vez de fazer diversas tentativas frustradas antes de conquistar uma venda.

Do ponto de vista motivacional, é muito importante para os profissionais de vendas ter mais acertos em suas abordagens. Já para a empresa, a importância está no melhor aproveitamento de seus investimentos no setor.

4. Criação de um ciclo produtivo entre as duas áreas

Com a integração dessas duas soluções, tanto o marketing quanto o comercial se alimentarão e gerarão mais negócios.

A equipe comercial ainda será responsável pela gestão do relacionamento, mas poderá contar com as estratégias de automação de marketing para garantir o sucesso de seus clientes com suas aquisições.

Assim, tais clientes serão fidelizados pelo comercial com a ajuda do marketing, e este terá o apoio do comercial para criar suas estratégias cada vez mais personalizadas de acordo com o modelo ideal de comprador.

A automação de marketing aliada ao CRM cobre todo o funil de vendas e faz com que cada dado adquirido sobre o cliente seja relevante para seu atendimento e conquista.

Além de ótimos resultados de vendas, essa união mantém a estrutura da empresa muito mais enxuta e eficiente, principalmente quando a escolha do CRM oferece essas funcionalidades em um só ambiente e de maneira personalizada.

Quer saber como o SinglePoint.CRM pode ser ajustado com o perfil da sua empresa e suas necessidades? Faça um contato agora e fale com um de nossos especialistas.

Deixe uma resposta